O storetelling pode decidir o sucesso da sua marca

12/05/2016

Sem comentários

Uma das artes mais lindas do marketing é conseguir contar histórias que envolvam os seus clientes e agucem o seu interesse em consumir a sua marca, esta arte é chamada de storetelling, que nada mais é do que a arte e a técnica de narrar uma história para a construção da imagem que a marca quer transmitir.

Como curiosidade podemos citar os maiores contadores de histórias do mundo, de forma neutra analisando apenas o ponto de marketing, como o povo judeu. Eles contam a história de Cristo a mais de 2 mil anos e movem o mundo e milhões de pessoas com seu livro, onde de diversos pontos de vista a história da vida de Cristo foi retratada, com diversas formas de linguagem, tornando ela atrativa para todos os povos e nações, retratando a história de um homem que conseguiu unir os povos em um período onde a violência dominava, mas onde está o storetelling na bíblia? Em todas as páginas, pois nela constam histórias que todos queremos ouvir, que existe vida após a morte, que podemos ser perdoados por nossos erros, entre outras inúmeras passagens.

Pensando em todo esse poder de persuasão do povo judeu, criou-se o estudo da técnica de storetelling, onde hoje publicitários e marketeiros do mundo inteiro fazem uso dela para vender as suas marcas. As marcas mestres de storetelling hoje são Apple, Nike, Coca-Cola, Disney, Johnnie Walker, Red Bull, Havainas, Diesel, mas o que essas marcas tem em comum? Elas vendem a história e não a marca. Vamos lá a análise:

Quando você pensa em um celular de uso fácil, top de mercado e que lhe dá status, o primeiro nome que vem a sua mente é Apple. Quando você pensa na felicidade de viver em família e amigos, qual a bebida que vem a sua cabeça na hora de preparar um lanche? Coca-Cola. Quando você quer dar asas a sua imaginação dando um pique no seu dia-a-dia, o que você pensa em tomar? Red Bull. Pense em como você lembra das demais marcas citadas e veja como o que você lembra primeiro é do momento em que você usa o produto e depois você lembra da marca, por exemplo, você não vai chamar os seus amigos para comer uma pizza porque você comprou uma Coca-Cola, você compra uma Coca-Cola para acompanhar a pizza e a sua reunião de amigos, porque o prazer está no encontro, depois no consumo do produto. Pensando desta forma, qual é a imagem que a sua marca quer vender?

Definindo o que a sua marca deve representar para os seus clientes, você pode começar a trabalhar com o marketing da sua marca com base no storetelling, tornando a sua marca presente no dia-a-dia do seu cliente. A arte de contar boas histórias deve ser estudada com base nas suas expectativas e possibilidades, para que ao vincular a sua campanha de imagem, você não tenha um reflexo negativo de seus clientes.

Quer saber mais de como contar histórias lindas para os seus clientes e posicionar a sua marca com as gigantes do mercado? Entre em contato conosco, faremos junto com você uma análise de como se posicionar no mercado e quais a ferramentas do meio digital você pode usar para divulgar esse novo posicionamento e ter muito sucesso no contar histórias da sua marca.

 

Faça um comentário